Aplicativos marketplace

Será que vale a pena utilizar aplicativos marketplace para um restaurante? Ou será que o mais apropriado é ter um app próprio? Essa é uma dúvida que assombra os donos de bares, restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos do ramo alimentício.

Os aplicativos marketplace, como o iFood, o UberEATS e o Abrafood, se tornaram populares nos últimos anos e uma tendência para que os clientes façam pedidos por meio dessas plataformas. Porém, nem sempre eles são a melhor opção para o seu negócio e você entenderá o porquê neste post.

Já os apps próprios são plataformas de prateleira, personalizadas com a logo e identidade visual para cada estabelecimento com um planejamento próprio. Eles também são práticos e rápidos de serem utilizados, tanto pelos estabelecimentos quanto pelos clientes.

Mas como escolher uma dessas opções? Qual delas é a melhor para o restaurante? Para que você tire as suas próprias conclusões, listamos uma série de fatores e explicaremos como cada um deles se desenvolve em cada tipo de app. Veja a seguir!

Capacidade de personalização do aplicativo

Os aplicativos marketplaces têm um layout próprio e todos os estabelecimentos que estiverem presentes neles precisam seguir o mesmo padrão. Isso quer dizer que se a cor do app for cinza, por exemplo, a sua página nele será cinza. O mesmo ocorre com o posicionamento dos botões, o modelo de cardápio etc.

Já no caso dos apps próprios, a personalização pode ser total. Geralmente, as empresas desenvolvedoras fazem um briefing antes da criação do aplicativo. Isso quer dizer que o aplicativo será desenvolvido tendo como base aquilo que mais agrada ao seu público e também o seu gosto pessoal.

O logotipo do seu restaurante, as cores da sua identidade visual e outros aspectos de personalização são possíveis de acordo com a plataforma utilizada.

Controle de conteúdo

O conteúdo de aplicativos marketplace é pouco gerenciável. Dessa forma, se você deseja alterar o preço de um produto, bem como excluir ou incluir links no cardápio, deverá informar à empresa desenvolvedora do programa.

Com o aplicativo próprio é diferente, e todo o conteúdo é completamente gerenciável. Ou seja, você poderá editar preços, incluir e excluir pratos, mudar o cardápio, inserir promoções, entre outras ações, sem nenhum tipo de restrição.

Execução do CRM

O Customer Relationship Management (CRM) nada mais é do que a gestão do relacionamento com os clientes. A ideia é que o aplicativo sirva como uma central em que possam ser armazenadas informações, como os e-mails, número do telefone, entre outros dados da base de clientes, para o envio de mensagens informando sobre promoções, por exemplo.

Em marketplaces, esses dados ficam nas mãos da empresa desenvolvedora, com os restaurantes tendo pouca autonomia sobre eles. O mesmo não acontece com os aplicativos próprios, que permitem um total controle sobre todas as informações dos clientes. Fazer a segmentação de consumidores por bairro, sexo, idade etc., para o desenvolvimento de promoções exclusivas, é uma realidade nesse tipo de app.

Associação da marca com a tecnologia

Ao participar de um app delivery, você será apenas mais um entre os diversos estabelecimentos que estão ali, à disposição dos consumidores. Assim sendo, não há uma verdadeira associação da sua marca com a evolução tecnológica, pois ela estará apenas fazendo o mesmo que outros já fazem.

A história muda de figura quando falamos em aplicativos próprios, pois eles passam para o público uma sensação de que a sua marca está envolta às novas tecnologias, que o restaurante faz investimentos e tem interesse em oferecer o melhor para os seus clientes.

Criação de um canal segmentado para os consumidores

O seu aplicativo pode servir como uma verdadeira rede social para os consumidores do seu restaurante. É possível que sejam criadas promoções, como um cartão de fidelidade virtual para os clientes, por exemplo. Além disso, pode-se estimular a troca de mensagens, como o envio de críticas, sugestões, reclamações, elogios por parte dos consumidores, com você sempre tendo autonomia de respondê-las e manter um bom relacionamento com as pessoas.

Nos aplicativos marketplace, não há a possibilidade da criação desse canal segmentado para os consumidores. Você fica nas mãos da empresa desenvolvedora, que tem métodos próprios para a segmentação de clientes.

Otimização das campanhas de divulgação

Uma vantagem que os aplicativos marketplace oferecem é que eles fazem grandes campanhas de divulgação nas mídias, pois precisam vender o seu serviço para os clientes. No entanto, a concorrência é muito ampla dentro do próprio aplicativo, o que acaba por invalidar toda essa divulgação.

De nada adianta um aplicativo marketplace fazer um excelente anúncio no horário nobre de uma grande emissora de televisão e os consumidores, ao baixarem o programa, encontrarem milhares de estabelecimentos concorrentes. As chances de eles escolherem o seu restaurante, em meio a tantas opções, é relativamente pequena.

Com os aplicativos próprios, embora a divulgação não seja tão massiva, é possível segmentar anúncios em campanhas patrocinadas nas redes sociais, como o Facebook e o Instagram. Por meio desses anúncios, você pode convidar o público consumidor para que baixe o seu aplicativo e conheça os seus produtos.

Uma vez que o app esteja instalado no smartphone de seu cliente, as chances de ele voltar a fazer compras no seu estabelecimento são muito maiores.

Pagamento de altas taxas nos aplicativos marketplace x mensalidades

Para participar de um aplicativo marketplace, você precisará pagar uma taxa de uso, bem como mensalidades para manter um perfil ativo no programa. Esses valores são relativamente altos e o investimento pode não trazer o retorno esperado para o estabelecimento.

Ao investir em um app próprio, você pagará um único valor para a empresa desenvolvedora. Nos próximos meses e anos, não há a necessidade de pagar nada, nem mesmo para fazer alterações de conteúdo, pois tudo é gerenciável pela própria equipe do restaurante.

Como podemos perceber, na briga entre aplicativos marketplace e de marca própria, os apps exclusivos levam vantagem. Isso porque são opções muito mais completas e objetivas para os clientes. Tudo isso trará mais lucros para o seu negócio!

Agora que você já sabe que a melhor opção é ter um app próprio para restaurante, que tal começar planejá-lo agora mesmo? Entre em contato conosco e saiba como!

Share This