gestão do restaurante

Quando se abre um negócio no ramo de alimentos, é comum priorizar a elaboração das melhores receitas, ter grande preocupação com a higiene e com a montagem de um ambiente especial para os clientes. No entanto, é preciso ir um pouco além. A gestão do restaurante precisa considerar esses pontos, mas também outras questões próprias do mundo da administração.

Para que você não se perca nesse processo, preparamos este post com 4 dicas para administrar o seu negócio. Essas boas práticas certamente vão ajudá-lo a vencer essa árdua, mas satisfatória tarefa! Não deixe de ler!

 

Powered by Rock Convert

1. Invista em ferramentas tecnológicas

A informação é um dos principais bens de um negócio. Dessa forma, o bom gerenciamento de dados é algo em que se deve investir desde o início.

Softwares especializados não apenas ajudarão na gestão do restaurante, organizando o processo produtivo, como também vão prover dados importantes para o prosseguimento das atividades do seu restaurante, com métricas sobre atendimento ao cliente, informações contábeis, controle de estoque, entre outros.

As melhores ferramentas permitirão a você integrar os setores do seu negócio, tornando a gestão do restaurante mais ágil e eficaz. Inclusive, há no mercado aplicativos que conseguem integrar os processos de um restaurante com delivery, desde o pedido do cliente — via app ou site — até a entrega, possibilitando a otimização da rota pelos entregadores e fornecendo ao usuário o status do pedido. Tudo isso com o registro de informações relevantes para a melhoria dos processos no seu negócio.

2. Motive seus funcionários

Em qualquer área de atuação, manter uma equipe motivada é essencial para aumentar a produtividade, encantar os clientes e, assim, colher os bons frutos do negócio.

Não é diferente na gestão de restaurante. Então, você precisa fazer de tudo para manter seus funcionários engajados e estimulados a entregar sempre os melhores resultados. Algumas boas práticas para isso são as seguintes:

Senso de responsabilidade dos colaboradores

Gerentes, chefs, cozinheiros, garçons e entregadores são alguns dos colaboradores essenciais na maioria dos restaurantes e têm atribuições bem definidas. No entanto, uma boa gestão do restaurante consegue fazer com que todos os funcionários sintam-se responsáveis, não apenas pelas suas próprias funções, mas pelo bom funcionamento do negócio.

Dessa forma, fica estabelecida uma conexão entre as equipes, que farão os processos fluírem da melhor forma, com menos falhas.

Senso de justiça dos gestores

Uma equipe que se movimenta de forma conectada pode acabar revelando pessoas que não estejam desempenhando suas funções com a mesma capacidade que os demais. Nesse momento, é preciso ser justo, pois um funcionário em tais condições não pode continuar recebendo o mesmo tratamento que aqueles que se envolvem e se responsabilizam pelo trabalho.

Uma gestão omissa, nesse caso, pode levar bons funcionários ao descontentamento, e esse é um quadro muito difícil de reverter.

Diálogo e benefícios

Da mesma forma que faz com seus clientes externos, o gestor de um restaurante precisa manter um diálogo interessante com sua equipe e saber ouvir. As reclamações de um funcionário podem trazer informações importantes sobre a gestão do restaurante, além de demonstrarem a confiança dos colaboradores.

Outra forma de motivar funcionários é oferecer benefícios, que podem ser a oportunidade de participar de cursos na área (o que beneficia também o estabelecimento) ou o recebimento de cupons para serem usados em momentos de lazer.

3. Negocie com os fornecedores

Os valores pagos aos fornecedores representam um custo elevado para os restaurantes, por isso, tentar reduzir esses valores é essencial.

Por outro lado, é preciso manter a qualidade do que é servido, o que faz com que nem sempre seja possível reduzir o preço da compra. Assim, para assegurar a qualidade dos produtos, procure manter fornecedores de confiança e negociar com eles a compra de alimentos da estação — fazendo as alterações necessárias no cardápio, que pode variar de acordo com a época do ano — e, também, a aquisição de produtos perecíveis em menor quantidade. Isso otimiza a gestão de estoque, permitindo que você reduza custos e ofereça aos clientes alimentos sempre frescos.

4. Fidelize seus clientes

Servir os melhores pratos, ter um atendimento de alto nível e um ambiente agradável ou, ainda, um serviço de entrega eficiente e que permita ao seu cliente a experiência de degustar uma ótima refeição no conforto do seu lar. Esses são elementos indispensáveis para fidelizar os clientes de um restaurante, mas que, em um mercado tão competitivo e cada vez mais profissional, não garantem o engajamento à sua marca.

É preciso oferecer mais aos consumidores. Temos algumas sugestões para isso:

Programa de fidelização

Existem programas de benefícios para fidelizar clientes que se mostram muito eficazes. Seu restaurante pode, por exemplo, oferecer um voucher de desconto para uma nova visita, descontos progressivos, uma cortesia ou o conhecidíssimo cartão fidelidade.

Nesse caso, há até aplicativos que facilitam o controle das compras e da entrega do prêmio. O sucesso de uma ação desse tipo vai depender do perfil do seu público, portanto, faça uma boa análise antes de colocá-la em prática.

Redes sociais

As redes sociais devem ser usadas para manter os clientes em contato com o restaurante. Assim, eles terão acesso às notícias em primeira mão, novidades do cardápio e promoções exclusivas. Abuse das possibilidades dessas mídias e saia na frente da concorrência!

Não se esqueça de sempre responder aos comentários e às avaliações que eles possam fazer sobre seu estabelecimento.

Feedback dos clientes

O feedback é uma via de mão dupla: o seu estabelecimento ganha uma avaliação importantíssima para manter um serviço de qualidade e o cliente se sente valorizado, pois é bom ser ouvido!

Então, além da pronta resposta, já mencionada até quando o comentário sobre a casa é feito pelas redes sociais, é fundamental mostrar para o cliente que providências estão sendo tomadas com relação às críticas feitas. Isso demonstrará que o restaurante valorizou a sugestão e estará trabalhando para agradar seu público.

Esperamos que as boas práticas aqui explicadas sejam de grande ajuda na gestão de restaurante e que, ao segui-las, você tenha muito sucesso nos negócios.

Para ter acesso a mais artigos e outras informações que possam ajudá-lo, siga a Neemo no Facebook ou Instagram

 

Powered by Rock Convert

Guia completo de marketing para restaurantes

Alavanque seu negócio com ações imbatíveis de marketing.

Reunimos uma série de informações e dicas valiosas, para você impulsionar seu negócio, posicionar sua marca, atrair e fidelizar novos clientes, tecnologias e ferramentas.

Clique e baixe o ebook grátis

Guia completo de marketing para restaurantes

Para continuar a crescer, o seu estabelecimento precisa se modernizar e contar com um delivery próprio, livre de comissionamentos.

Saia na frente dos seus concorrentes e tenha o seu próprio delivery.

Quero meu Delivery App

ou

Receba uma ligação agoraLigamos em até 10 minutos durante o horário comercial. Sem compromisso.

Sem multas contratuais e tempo mínimo de contrato
Share This