5 dicas para escolher os melhores fornecedores de alimentos
escolhendo fornecedores de alimentos

Para que você ofereça pratos saborosos e que encantem os clientes pelo paladar, encontrar fornecedores de alimentos de qualidade é imprescindível. Somente assim será possível criar experiências boas e atestar a satisfação das pessoas que forem até o seu restaurante.

No entanto, nem sempre é fácil encontrar bons parceiros para comprar insumos de qualidade para o preparo dos pratos. É por isso que uma análise minuciosa deve ser realizada antes de firmar contratos com fornecedores.

Quer saber como escolher os melhores fornecedores de alimentos para o seu restaurante? Então confira nos tópicos a seguir!

1. Realize pesquisas

A internet pode ser uma ferramenta muito útil para encontrar fornecedores de alimentos. Faça buscas em sites de pesquisa sobre os insumos que deseja adquirir e veja quais são as opções existentes na sua região e que poderiam atender o seu negócio.

É interessante que, além das páginas das empresas, você também pesquise por depoimentos de outros compradores dessas organizações, em redes sociais ou sites de reclamações, como o Reclame Aqui.

2. Encontre revistas e catálogos especializados

Existem diversos catálogos de fornecedores para restaurantes que podem ser encontrados na internet e também no formato físico. Neles, existem diversos anúncios de empresas que fornecem produtos de vários tipos.

No catálogo, todos os anunciantes falarão bem dos seus negócios. Por isso, ele serve apenas para que você conheça as empresas, de modo que uma pesquisa mais aprofundada deve ser feita antes de contratá-las.

3. Frequente feiras e eventos do setor

Fique atento sobre as feiras e eventos no setor de alimentos. Participar desses encontros é uma boa pedida para pegar contatos de fornecedores de alimentos e encontrar bons parceiros para o seu restaurante.

Lembre-se apenas de tomar o cuidado de sempre desconfiar de fornecedores que estejam expondo e cobrem valores com preços muito abaixo dos praticados pelos demais. É importante procurar entender o motivo da discrepância entre os números.

4. Entre em contato com a indústria e agende visitas

Uma ideia interessante é entrar em contato com as indústrias de alimentos e agendar uma visita aos fornecedores. A ida ao local em que o prestador desenvolve os produtos que vendem pode servir para que você ateste a qualidade dos alimentos.

Se você perceber que no local não há condições de higiene adequadas ou que os alimentos não são processados como deveriam, não deve fechar negócio, por exemplo.

5. Procure por fornecedores locais

Para conter gastos e ainda movimentar a economia da sua região, uma boa alternativa é pesquisar por fornecedores locais. Quando mais próxima a empresa fornecedora for do seu restaurante, mais fácil serão os processos logísticos de entrega. Isso também é importante para que os alimentos perecíveis, como frutas e verduras, cheguem sempre frescos.

A reputação do seu restaurante e a satisfação dos seus clientes está diretamente relacionada à escolha dos fornecedores de alimentos. Portanto, tenha atenção ao escolher essas empresas e coloque em prática as nossas orientações.

Para poder investir em alimentos de qualidade, cortar gastos em outras áreas do restaurante pode ser uma solução. Saiba, por exemplo, como seu restaurante pode reduzir custos com telefonia.

Powered by Rock Convert

Guia completo de marketing para restaurantes

Alavanque seu negócio com ações imbatíveis de marketing.

Reunimos uma série de informações e dicas valiosas, para você impulsionar seu negócio, posicionar sua marca, atrair e fidelizar novos clientes, tecnologias e ferramentas.

Clique e baixe o ebook grátis

Guia completo de marketing para restaurantes

Para continuar a crescer, o seu estabelecimento precisa se modernizar e contar com um delivery próprio, livre de comissionamentos.

Saia na frente dos seus concorrentes e tenha o seu próprio delivery.

Quero meu Delivery App

ou

Receba uma ligação agoraLigamos em até 10 minutos durante o horário comercial. Sem compromisso.

Sem multas contratuais e tempo mínimo de contrato
Share This